Edital para reservas de estágio 2018/2019

Olá pessoal, a Vivendo e Aprendendo está iniciando o processo de seleção para o quadro de reservas para estagiárias e estagiários – edição 2018/2019.

A entrega da documentação (currículo + carta de intenções) para participação da seleção vai do dia 24 de setembro à 05 de outubro de 2018, às 23h59 e as condições estão estabelecidas no edital (link abaixo).

Pedimos a todos que divulguem e indiquem a potenciais interessados. Aos que participarão da seleção, desejamos sorte.

Festa da Cultura Popular

Festa da Cultura Popular numa associação
Texto: educadora Adriana Pereira

Desde que me tornei educadora na Vivendo e Aprendendo, sou apaixonada pelos espaços de diálogo e construção coletiva, vejo que estas características permeiam a prática pedagógica com as crianças e a sua culminância é na voz ativa das crianças e noção de coletividade delas. Um dos eventos que mais me mobiliza como educadora, é a Festa da Cultura Popular, que acontece todo mês de Agosto, uma forma de celebrar e explorar aspectos culturais do nosso país, definitivamente o que eu gosto nesse evento é a sua dinâmica de organização. Nos reunimos educadores/as e famílias, conversamos sobre os objetivos da festa, depois levantamos diversos temas que acreditamos ser relevantes como um possível fio condutor do trabalho pedagógico e celebração cultural com as crianças. Discutimos a relevância cultural, social e histórica dos mesmos, há defesas empolgantes de ideias, muita troca de saberes nesse momento. Quando chegamos ao tema, mediante consenso, começamos a pensar quais abordagens históricas e culturais faremos.

Contação de histórias com a princesa Adriana

Após esse primeiro encontro de escolha do tema, as famílias são novamente convidadas à
construírem com a equipe pedagógica, as reflexões e conhecimentos, que se transformaram em subsídio para as atividades pedagógicas com as crianças. Nesse encontro, são também convidados estudiosos/as sobre o tema. Em 2015, quando celebramos as diversas culturas dos povos Indígenas do Brasil, diversos pais e mães, que são antropólogos/as e educadores/as nessa temática, participaram dessa roda, trouxeram muitos materiais didáticos, foi memorável esse envolvimento. No ano seguinte, a festa foi sobre uma comunidade quilombola, os Kalungas, novamente muita dedicação em pesquisar o tema, aprender sobre a importância dos quilombos frente ao modo de produção escravista e preservação da identidade e da cultura da população afro-brasileira. No ano passado, a festa da cultura, nos convidou a olhar para arte de rua, danças, grafites, pixos, malabaristas e acrobatas dos sinais de trânsito, batalhas de MC’S, Slam, estátuas vivas, skates, parques… A rua com suas multi expressões nunca mais foi vista pelas crianças da mesma maneira, que a veem como um organismo vivo e criador de estéticas próprias.

Minha turma, fez uma atividade, que era entrevistar familiares a amigos/as sobre suas brincadeiras e lembranças mais carinhosas da rua, reconhecendo narrativas e percebendo de forma intergeracional aspectos culturais relevantes para sua visão de mundo. Depois fomos dar um passeio de ônibus para ver alguns grafites pela cidade e muitas outras vivências, as crianças gritavam empolgadas nomes de artistas do grafite da cidade que estavam conhecendo.

Ano passado, decidimos que a Festa da Cultura Popular ao celebrar expressões culturais que não se dão entre muros ou cercas, deveria acontecer na rua. E lá fomos nós, cada um levando um alimento para compartilhar, toalhas de piquenique, skates, bolas e objetos para uma feira de trocas. Numa tarde de sábado ocupamos um espaço público, como mais de 150 crianças, suas famílias e educadores, todos e todas dedicados a essa experiência. Quando chega o recesso do meio do ano, já começo a pensar que na volta, me esperam rodas de conversas e debates memoráveis sobre Cultura Popular, em companhia de toda a comunidade escolar, meu coração se aquece!

Me Chamo Adriana Pereira e educação para mim, tem que ter gente em roda, trocando, socializando e disposta a se implicar no processo.

Contratação de Consultor temporário para o Ensino Fundamental (encerrado)

Caras/os amigas/os,

A Vivendo e Aprendendo abre o processo seletivo para Consultor/a temporário/a para o Ensino Fundamental. O prazo limite para apresentação dos currículos e carta de intenção vai até 15 de agosto de 2018.

Confiram o edital abaixo e pedimos que divulguem e indiquem a potenciais interessados. Aos que participarão da seleção, desejamos sorte.

Edital de consultor(a) pedagógico(a) para o Ensino Fundamental da Vivendo e Aprendendo

Ei! Você está aqui?

Texto por: Letícia (Ciclo 5 matutino.), Lulu (Ciclo 1 vespertino) e Natália (Ciclo 4 matutino).

Nesse momento, consegue sentir as batidas do seu coração? Ouvir a sua respiração? Qual foi a ultima vez que sentiu o chão com os seus pés? Que um pingo de chuva tocou o seu corpo? Corpo? É ele que nos permite brincar, descobrir, conhecer, estudar, trabalhar, se alimentar… Mas será que realmente estamos fazendo isso tudo? Nossa presença está sendo consciente ou estamos agindo mecanicamente?

Atualmente, recebemos informações e estímulos de inúmeras formas, num ciclo vicioso de muitas novidades e poucas reflexões. Prendemo-nos ao passado, planejamos e nos preocupamos com o futuro e muitas vezes não estamos aqui, agora. Essa presença ausente nos desconecta das belezas que existem diante de nós.

As crianças nos fazem viver essa beleza. A cada instante somos convidadas por elas a redescobrir o mundo. Num chamado constante de estarmos aqui, com uma presença integral. Olhar e verdadeiramente enxergar, tocar e conseguir sentir, escutar e inteiramente ouvir.

Somos como uma pipa que já está voando há muito tempo, que já ganhou corda demais e que conhece vários céus. Uma criança é um chamado a voltar. É ela que nos puxa de volta ao início e nos convida a recomeçar esse voo, a viver esse agora e a redescobrir o mundo.

Será que estamos conseguindo ouvir esse chamado das crianças? Será que estamos sensíveis a elas? Uma criança nasce para nos lembrar que o mundo está recomeçando a cada segundo, para convidar os seus familiares a olharem juntos cada grande novidade, para relembrar os seus educadores que nada é previsível, para nos convidar a (re)olhar e revisitar este mundo que, até então, pensávamos conhecer.

Festa Junina 2018

Domingo, 17 de junho, ocorreu a aguardada festa junina da Vivendo e Aprendendo. A festa foi realizada no bucólico espaço da associação que, com seu amplo pátio arborizado, suas casinhas coloridas e a criativa decoração dos professores, se tornou um verdadeiro arraial.

Durante a festa, foram promovidas muitas brincadeiras típicas de festa junina, como a pescaria, a corrida de saco e jogos de arremesso. Mas o auge do evento deu-se com a apresentação do artista Edy Natureza que, em cima de pernas de pau e de fantasia, se transformou em um pica-pau gigante. As crianças foram à loucura, correndo pelo espaço da escola inteiro (umas atrás da ave, outras fugindo dela), com muitos risos e alegria, como em qualquer festa tem de ser.

Por fim, encerramos a festa com uma grande quadrilha, regada a muitas risadas e uma deliciosa fogueira em nosso jardim.

Texto e fotos por Paulo Frederico

 

 

 

Edital para consultoria (encerrado)

Última atualização: RESULTADO PARCIAL NO LINK ABAIXO!

Resultado parcial do Edital da Vivendo e Aprendendo

Olá pessoal,

Edital para seleção de consultoria (pessoa física ou jurídica), na modalidade produto, para prestar serviços de moderação e mediação das atividades de elaboração e construção coletiva do Projeto Político Pedagógico da Vivendo e Aprendendo.

O prazo para inscrição inicia-se em 24 de maio de 2018 às 00h00 e se encerra em 11 de junho de 2018 às 0h00 (data de entrega atualizada). A documentação exigida deverá ser encaminhada ao e-mail diretoria@vivendoeaprendendo.org.br, com o assunto “Seleção para moderação e mediação da elaboração e construção coletiva do PPP e RE”.

Confiram o edital abaixo e pedimos que divulguem e indiquem a potenciais interessados. Aos que participarão da seleção, desejamos sorte.

Retificação do Edital de Consultoria na Vivendo e Aprendendo (14-05-2018)

Edital de Consultoria na Vivendo e Aprendendo

Edital para reserva de professoras/es (encerrado)

ATUALIZAÇÃO – as inscrições para este edital foram encerradas
Olá pessoal,

Edital para cadastro de reserva para professoras/es edição 2018

Vivendo e Aprendendo está iniciando o processo de seleção para o quadro de professores (as) e professores-substitutos (as) para 2018.

A entrega da documentação para participação da seleção vai até o dia 15 de abril de 2018, às 23h59min e as condições estão estabelecidas no edital (link abaixo).

Pedimos a todos que divulguem e indiquem a potenciais interessados. Aos que participarão da seleção, desejamos sorte.

Edital para professoras/es cadastro de reserva 2018