PIPOCAÇO: uma deliciosa associação

Em uma sexta-feira de 2014, como outra qualquer, alguns pais/mães tiveram a saltitante ideia de fazer pipocas coletivamente para as crianças na saída das salas. Após rápida combinação, os familiares trouxeram alguns pacotes de milho e o resultado disso foi que sobrou criança e faltou pipoca. Desta forma improvisada surgiu o evento carinhosamente chamado de PIPOCAÇO.

O PIPOCAÇO cresceu, envolve adultos e crianças e transforma em celebração um simples “fazer pipoca”. É um momento para saber o nome daquela pessoa que você queria conhecer, tirar uma dúvida associativa, combinar encontros & eventos ou simplesmente bater aquele papo descontraído.

O evento transformou-se em tradição nas tardes de sextas-feiras. As crianças já correm para o galpão gritando: QUEREMOS PIPOCA, QUEREMOS PIPOCA!!! E quando o PIPOCAÇO não acontece elas perguntam, meio decepcionadas, o motivo da falta.

Crianças divertidamente alimentadas, é hora de limpar a bagunça. Um mutirão de vassouras e pás entram em ação para limpar o galpão/corredor (as crianças adoram se envolver nesta “brincadeira”) e por fim, é preciso lavar os utensílios usados como panelas, potes e talheres.

Para participar do PIPOCAÇO é fácil! Na sexta-feira é só procurar os adultos que pilotam o fogão e propor organizar a próxima edição (trazer ingredientes e quem faz o que).

INGREDIENTES DO PIPOCAÇO

  • Cinco a seis sacos de pipoca;
  • Meia garrafa de óleo de soja/girassol;
  • Sal (geralmente tem na cozinha);
  • Entre 6 a 7 adultos;
  • Alegria de fazer a pipoca e limpar a bagunça.

COMO FAZER

Os ingredientes são postos nas pipoqueiras da cozinha, depois recebem um pouco de sal e são depositadas nos diversos potes encontrados também na cozinha. Os potes são distribuídos coletivamente entre as crianças (a ideia é um recipiente para várias) que são orientadas a comerem a pipoca no galpão para facilitar a limpeza e evitar sujar outros espaços. Outra dica importante é chegar um pouco mais cedo e já começar a produção, pois quando as crianças saem da sala é um vuco-vuco danado!

Artigo escrito por Etéocles Monteiro (Téo) – pai do Francisco (3CV)

Comenta aí =)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s